sábado, 4 de abril de 2020

Morre homem vítima de acidente em Lagoa Nova

Acidente aconteceu na manhã deste sábado, dia 4 de março nas imediações do trevo da Baixa Grande


Faleceu na tarde deste sábado(4), Isaac Medeiros Bezerra, de 32 anos. Ele se envolveu em um acidente de transito na RN-041, nas proximidades da fazenda de Geraldo Dantas por volta das 10h00 da manhã. No momento do acidente ele conduzia uma motocicleta XTZ de placa NOB 1787/Lagoa Nova, quando colidiu com um caminhão pipa na RN 041, Isaac Medeiros Bezerra, que residia na Rua Francisco Rosário, zona urbana de Lagoa Nova, ficou bastante ferido, sendo conduzido para o hospital de Lagoa Nova onde recebeu os primeiros socorros. Ele faleceu por volta das 15h00 quando era encaminhado para Natal.


Fonte:Lagoa Nova Destaque.com.br

sexta-feira, 3 de abril de 2020



Secretaria de Saúde confirma terceira morte de paciente com coronavírus no RN


O Rio Grande do Norte registrou na noite desta quinta (2) a terceira morte de paciente com coronavírus. A informação foi confirmada pela Secretaria Estadual de Saúde Pública (Sesap). A vítima é um técnico de enfermagem, de 48 anos.
De acordo com a Sesap, o paciente deu entrada em um hospital privado com pneumonia viral. Ele ficou internado e teve a confirmação de que era Covid-19 no dia 28. Na noite desta quinta ele morreu.
Até o último boletim da Sesap, divulgado na tarde desta quinta (2), o Rio Grande do Norte tinha 106 casos confirmados e 2.153 suspeitos da Covid-19.
Outras mortes no RN
A primeira morte de paciente com coronavírus no Rio Grande do Norte aconteceu no dia 29 de março. O professor Luiz Di Souza, de 61 anos, era diabético. Ele morreu após passar sete dias internado.
Na noite da última terça-feira (31) foi registrada a segunda morte. O gastrólogo Matheus Aciole, de 23 anos, morreu após 4 dias de internação.
Por G1-RN

Três casos positivos para o Covid-19 em Assú


A coordenação do setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde e o Comitê Municipal de Gestão da Emergência em Saúde Pública decorrente do Coronavírus (Covid-19) informa que acabamos de ser notificados pelo sistema GAL, 2 (dois ) casos positivos para CORONAVÍRUS, totalizando assim 3 (três) na cidade.
O primeiro caso confirmado e anteriormente comunicado:
Sexo feminino, 39 anos, que teve contato com caso confirmado em outro município do Estado.
Os 2 ( dois ) casos confirmados na noite de hoje (02/04/2020):
Sexo Masculino, 23 anos, teve contato com caso positivo.
Sexo Masculino, 67 anos, relata não saber se entrou em contato com algum caso positivo.
Os pacientes encontram-se em isolamento, tomando todas as precauções necessárias, conforme protocolos e com um quadro clínico estável.
A Vigilância Epidemiológica está dando todo o amparo necessário e estará monitorando diariamente o quadro clínico da mesma. Todos os seus comunicantes estão sendo rastreados e colocados sob vigilância em isolamento.
Medidas de prevenção:
Com a confirmação do caso positivo, é necessário ressaltar, ainda mais, a importância de manter-se em isolamento social e tomar todas as precauções orientadas pelo Ministério da Saúde.

Um terço das cidades brasileiras tem até 10 respiradores mecânicos


Fundamental para pacientes com quadros severos de Covid-19, os respiradores mecânicos não estão presentes em grandes quantidades em boa parte dos municípios brasileiros.
Aproximadamente 33% das cidades do país têm, no máximo, dez respiradores mecânicos – contando hospitais públicos e privados.
Em 861 cidades brasileiras, há apenas um ventilador mecânico disponível. Enquanto isso, somente cinco cidades do país (São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte e Recife) concentram 26% de todos os respiradores do Brasil.
Ao todo, no Brasil, há 65.411 ventiladores mecânicos, sendo que 46.663 estão no Sistema Único de Saúde (SUS). O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, disse nesta quarta (1º) que o Ministério quer adquirir 17 mil respiradores.
“Já adiantamos uma possível compra de 8 mil deles. Daria para acalmar São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, as capitais”, afirmou. Ele pontuou, porém, que a entrega não é garantida, já que há uma grande demanda pelo equipamento em todo o mundo.


Bolsonaro tem ‘pronto na mesa’ decreto para incentivar trabalho


O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmou que afirmou nesta quinta-feira (2) que tem “pronto na mesa” um decreto para “considerar essencial toda atividade exercida pelo homem ou mulher que seja indispensável para levar o pão de cada dia pra casa”, mas que se sente ameaçado por “todos os lados” por defender o direito do brasileiro de voltar ao trabalho.
De acordo com o portal Metrópoles, o chefe de Estado deu a declaração em entrevista na tarde desta quinta à Jovem Pan. “Sei que tem ameaça até de buscar meu afastamento sem amparo legal pra isso”, disse.
“Nossa despesa total no combate ao coronavírus está na casa dos R$ 600 bilhões, é uma conta que a gente não esperava, caríssima, mas bem demonstra nossa preocupação”, disse, “mas eu fui à Ceilândia e a situação dos ambulantes, que são 38 milhões no Brasil, é desesperadora”, acrescentou Bolsonaro.

Primeira morte por coronavírus no Brasil aconteceu antes do Carnaval, confirma governo


A primeira morte por coronavírus no Brasil aconteceu no dia 23 de janeiro, portanto antes do Carnaval. A informação é diferente do que foi divulgado inicialmente pelo Ministério da Saúde. A própria pasta divulgou a nova informação na tarde desta quinta-feira (2), segundo o G1.
O primeiro caso oficialmente registrado havia sigo no dia 26 de fevereiro, portanto depois do Carnaval. Tratava-se de um homem que mora em São Paulo, tem 61 anos, e veio da Itália. O empresário, que não teve o nome divulgado, não chegou a ser internado e se curou da doença.
O primeiro caso identificado, com a consequente morte, é de uma mulher de Minas Gerais, que tinha 75 anos. Até o caso do empresário que mora em São Paulo ser registrado, havia outros 20 em investigação e 59 outros suspeitos já foram descartados.
“Lembrem-se que estamos fazendo a investigação de casos internados. Muitos desses casos estão com material colhido, e nós tivemos a partir de investigação retrospectiva a identificação do primeiro caso confirmado, ele é da semana epidemiológica 4, de 23 de janeiro”, disse o secretário de Vigilância em Saúde, Wanderson Oliveira.

Terceira morte por coronavírus no RN é confirmada pela Sesap


A terceira morte causada pelo coronavírus no Rio Grande do Norte, foi confirmada na noite desta quinta-feira (2), em Mossoró, na região Oeste potiguar. A informação foi confirmada pela Secretaria de Saúde Pública do RN (Sesap) e pela Secretaria de Saúde de Mossoró, que antecipou a informação.
A vítima foi o técnico em enfermagem, Luis Alves, de 48 anos, que estava internado em uma Unidade de Terapia Intensiva de um hospital privado, no município. Luis era servidor da Prefeitura de Areia Branca e do Hospital Maternidade Almeida Castro, em Mossoró.
Esta foi a segunda morte ocasionada pelo vírus em Mossoró. A primeira foi o professor da Universidade Estadual do RN (UERN), Luiz de Souza, de 61 anos. O único óbito registrado em Natal foi do gastrólogo e empreendedor, Matheus Aciole, de 23 anos. Matheus é a vítima mais jovem que teve a morte pela Covid-19 confirmada no Brasil.
De acordo com o último boletim da Sesap, 106 exames já testaram positivo para a doença, no RN. O número de casos suspeitos é de 2.153 e 455 testes deram negativo.
Agora RN